T馗nicos de Institui鋏es visitam Medeiros para troca de experi麩cia no Queijo Minas Artesanal

Por TapiraMG TV Publicada em 06/12/2017 灣 00:06:07 e atualizada em 06/12/2017 灣 00:12:43
Foto: Reprodu鈬o

No dia 29 de novembro, 40 técnicos da área de Extensão Rural de 16 estados da Federação Brasileira e também de 4 países da América do Sul e da África, estiveram visitando Medeiros para conhecer melhor o Programa de Melhoria da Qualidade do Queijo Minas Artesanal. Esta ação faz parte do IICA – Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura.

O objetivo da visita foi o de trocar experiências sobre produção, maturação e inspeção sanitária do queijo Minas Artesanal, em virtude das semelhanças das características do processo de produção entre os queijos artesanais destas localidades e os queijos Minas artesanais produzidos na microrregião Canastra, sendo ambos produzidos com leite cru e em pequena escala dentro das propriedades de agricultores familiares, demandando padrões de exigências técnicas e sanitárias semelhantes.

O objetivo do intercâmbio foi que os participantes tivessem um aprendizado da experiência local e pensassem nas possibilidades de poder irradiar esta experiência para outras localidades de suas áreas de atuações, seja no Brasil e também em outros países, focando nos avanços e resultados de ações que possam ser transmitidos aos agricultores e produtores de queijos artesanais através de políticas inclusivas que promovam o desenvolvimento da comunidade. 

A missão foi recebida pelo técnico da EMATER/MG de Medeiros, Alberto Schwaiger Paciulli e pelo Gerente de Cultura, Lazer e eventos da Secretária de Educação e Cultura, Silvio César Sabino , que fizeram a recepção dos técnicos no Museu do Queijo. Em um primeiro momento foi feita uma pequena explanação sobre o museu que conta um pouco da história de produção do queijo Minas artesanal Canastra e no município de Medeiros. Em seguida foi apresentada uma palestra sobre o trabalho realizado pela EMATER/MG de Medeiros, no respectivo município, onde se teve uma noção de como se fabrica o queijo Canastra, como foi o processo de certificação e cadastramento das propriedades com suas queijarias no IMA – Instituto Mineiro de Agropecuária e os resultados conseguidos e alcançados até o momento. Em um terceiro momento, houve uma troca de informações entre os membros da missão e entre alguns produtores de queijo Canastra de Medeiros ali presentes. - Luciano Carvalho Machado, Cleniudo Alves Teixeira, João Teixeira de Morais, Rogério Calixto de Andrade e a produtora e presidente da APROCAME – Associação dos Produtores de Queijos Canastra de Medeiros Vanice Aparecida de Morais Leite.

Após esta recepção, apresentação e discussão, a comitiva se deslocou para o CENTRO DE QUALIDADE DO QUEIJO MINAS ARTESNAL para conhecer as instalações, como funciona e que permite a comercialização do queijo Minas artesanal Canastra para fora do estado de Minas Gerais através do SISBI-POA - Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal.

A visita encerrou-se com a degustação de queijos Canastra maturados produzidos pelos produtores de Medeiros, mostrando aos visitantes algumas variações de sabores, odores, colorações, texturas, etc, de acordo com o período de maturação que diferencia este queijos dos demais produzidos em Minas Gerais.