Ganhadores da loteria n縊 resgataram R$ 150 milhes em pr麥ios em 2018

Publicada em 09/08/2018 灣 00:08:14 e atualizada em 09/08/2018 灣 00:08:12
Foto: Reprodu鈬o

Quem nunca sonhou em ganhar na loteria? Planos e mais planos vêm à cabeça até daqueles que sequer apostam. No entanto, a Caixa Econômica divulgou alguns dados que podem surpreender: somente até junho deste ano, R$ 150,3 milhões deixaram de ser resgatados por ganhadores da loteria, em diversas modalidades.

Só no ano passado foram R$ 326 milhões em prêmios não retirados; nos últimos 5 anos, o valor bate a casa dos R$ 1,5 bilhão. Parece brincadeira, mas não é.

Segundo informa a Caixa, os ganhadores têm até 90 dias corridos após o sorteio para sacar o dinheiro. Os valores não resgatados são repassados ao Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). A retirada do prêmio requer que o ganhador leve o bilhete premiado a uma agência da Caixa, portando documento com foto e CPF.

Se o prêmio for até R$ 1.903,98, o ganhador pode retirá-lo em casas lotéricas, caso prefira. Valores acima disso devem ser resgatados exclusivamente nas agências bancárias. Os prêmios acima de R$ 10 mil são pagos após dois dias de sua apresentação em uma agência da Caixa.

É no mínimo curioso que os ganhadores deixem de buscar o dinheiro que é deles por direito. Segundo o planejador financeiro Bruno Ismar, o que acontece é que muitas pessoas jogam e esquecem de conferir o resultado e acabam não tomando conhecimento do prêmio. Além disso, tem aqueles que, além de não verificarem, perdem o bilhete sem nunca tomar conhecimento do resultado. “Para acabar com isso, a Caixa deveria simplesmente incluir o CPF do jogador no cupom do jogo, mas há um desinteresse natural da instituição em tomar tal ação”, explica.