Perdigão

Motociclista é indiciado por homicídio após morte de bebê de 3 meses em acidente

Após oito dias de intenso trabalho investigativo, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu inquérito policial que apurou crime de trânsito entre motocicleta e carro, em Perdigão, no dia 3 deste mês. O acidente vitimou um bebê de três meses e feriu a mãe da criança e o motorista da motocicleta.No dia do acidente, uma mulher de 26 anos estava na garupa de uma motocicleta, com o filho de três meses no colo, quando colidiu com outro veículo, dirigido por um homem de 33 anos, que atingiu a traseira da motocicleta. Testemunhas afirmam que estava chovendo muito na hora do acidente e que o bebê foi arremessado para debaixo do carro.

O motorista do carro não se feriu, mas o condutor da motocicleta sofreu escoriações leves, e a mãe do bebê foi levada ao hospital e segue internada aguardando para realizar cirurgia na perna. Em razão do choque, ela não se lembra de detalhes do acidente.

O Delegado Clayton Ricardo da Silva, que coordenou as investigações, informou que assim que as informações sobre o acidente chegaram à delegacia, a PCMG iniciou os trabalhos para identificar o condutor do veículo.

“A investigação policial se mostrou eficaz no sentido de determinar a dinâmica dos fatos e apurar a responsabilidade de cada um dos envolvidos, tudo isso em tempo hábil para a conclusão do inquérito”, destacou.

Segundo apurado, o acidente foi causado por imprudência/imperícia do condutor tanto do carro quanto da motocicleta. Por isso, ambos foram indiciados por homicídio culposo, com causa de aumento de pena por ausência de habilitações para dirigir. Além disso, a mãe do bebê responderá por omissão do dever de cuidado em relação ao filho que faleceu.

 

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros