Brasil

Covid-19 mata grávida e bebê de 6 meses esperado por ela

Foto: Reprodução

A Covid-19 protagonizou mais uma triste história entre as vítimas da doença no Brasil. Uma mulher de 34 anos, morreu nessa terça-feira (23), após quase um mês internada em decorrência do novo coronavírus. Neste período, ela perdeu o bebê que esperava há seis meses.

O caso aconteceu na cidade de Rio Branco, no Acre. A estudante de psicologia Patydan Castro estava internada no hospital da cidade. Ela estava grávida de seis meses quando foi infectada, no mês passado. Desde então, ela estava hospitalizada.

De acordo com o portal local Acre 24horas, no dia 15 de junho, os médicos optaram por induzir o parto de Patydan, que estava em coma induzido, para tentar salvar o bebê e a mãe. A criança chegou a nascer com vida, no entanto, morreu algumas horas após o procedimento.

Oração

O marido de Patydan, que é médico, chegou a organizar campanhas de oração pela vida da esposa. Em um dos atos, ele orou em frente à unidade de saúde onde a esposa estava internada. Ele chegou a se infectar também, mas se recuperou da doença.

No entanto, após 28 dias de internação, a estudante não resistiu à doença e faleceu na noite dessa terça. Patydan Castro deixa, além do marido, uma filha de 4 anos.

“Cientes da dor que passam os familiares e amigos, o conselho expressa sua solidariedade e presta as mais sinceras condolências por tamanha perda, publicou o Conselho Regional de Medicina do Estado do Acre, em nota assinada pela presidente Leuda Dávalos.

Compartilhe
Tags:
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros