Brasil

Médico é preso depois de ameaçar paciente com arma dentro do consultório

Foto: G1/Reprodução

Um médico foi preso no Rio depois de sacar uma arma dentro do consultório durante uma briga com um paciente, na quinta-feira (30). Eles discutiram sobre um exame para detectar o coronavírus.

Os policiais foram chamados e encontram bem mais do que uma arma com o médico.

O paciente teve coronavírus há mais de 2 meses. Como estava se sentindo ainda muito cansado, ele marcou uma consulta com o pneumologista Enio Studart, que atende na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

Segundo o paciente, houve um desentendimento entre os dois durante a consulta, o médico abriu uma mochila, apontou uma arma e começou a ameaçá-lo.

O paciente, então, deixou a clínica assustado e chamou a Polícia Militar. Eles foram para a 16ª DP (Barra da Tijuca).

O médico já estava na delegacia dando sua versão dos fatos.

Os investigadores, então, confrontaram as versões e estranharam o relato do médico. Eles resolveram investigar e encontraram dentro do carro do médico um revólver, uma pistola, soco inglês, duas facas, munições de diferentes calibres e um carregador de pistola.

O médico foi preso em flagrante por ameaça e porte ilegal de arma de fogo.

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros