Minas Gerais

Homem testa positivo para coronavírus e ameaça cuspir na equipe médica em MG

Foto: Reprodução

Um homem de 74 anos, após ter testado positivo para o coronavírus (COVID-19), desrespeitou as orientações médicas e não aceitou ficar em isolamento, em São Francisco, cidade de 56,3 mil habitantes do Norte de Minas. A Policia Militar teve que chamada para contornar a situação.

De acordo com o  boletim de ocorrência da PM, o idoso chegou a ameaçar cuspir na equipe médica e nos militares, colocando várias pessoas em risco de contaminação.

 O fato aconteceu na noite de segunda-feira (3) no Hospital Municipal Doutor Brício de Castro, no centro da cidade situada às margens do Rio São Francisco. 

 O homem foi levado à unidade de saúde na segunda-feira à tarde, apresentando sintomas gripais. Conforme uma fonte do hospital, o paciente recebeu o resultado do teste positivo para o coronavírus e foi orientado a permanecer na área de isolamento do pronto socorro do hospital, onde deveria ficar em observação e receber a medicação. 
 
Entretanto, de acordo com testemunhas, o idoso não aceitou a permanência na área de isolamento e ficou exaltado. Os servidores tiveram que chamar a Polícia Militar para tentar conter o paciente.

Mesmo após a chegada dos policiais, conforme o boletim de ocorrência, o homem continuou nervoso e chegou a ameaçar cuspir na equipe de saúde e nos militares, o que poderia elevar o potencial de disseminação do coronavírus na unidade de saúde. 

 Conforme o tenente da Policia Militar, Fábio Martins Marcelo, foi necessária muita conversa com o idoso para acalmá-lo e evitar que ele cometesse qualquer ato que viesse a elevar os riscos de propagação da COVID-19 no hospital.

A equipe da PM chegou à unidade de saúde às 20h e a situação somente foi contornada por volta das 23h. 

Ainda de acordo com a PM, por causa do estado de saúde e do risco de contaminação de outras pessoas, o paciente de São Francisco não foi detido. Mas o boletim de ocorrência será encaminhado para a Polícia Civil, Ministério Público Estadual (MMPG) e Vigilância Sanitária, para que sejam tomadas as medidas cabíveis. 

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros