Minas Gerais

MG registra um foco de incêndio a cada 3 minutos; estado lidera ranking de matas em chamas

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

A cada três minutos, um foco de incêndio é registrado em Minas Gerais. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais fez um levantamento e concluiu que o estado hoje é o que mais tem vegetação queimando no Brasil.

Em 24 horas, o país registrou 3.260 focos de incêndio. Minas Gerais registrou 550 incêndios que queimaram Cerrado e Mata Atlântica. Há regiões no estado que estão há três meses sem chuva.

“2021 está com maior número de focos em relação ao ano passado, 2020, mas ainda é cedo para fazer um balanço porque o pior mês, conforme os satélites mostram é sempre setembro. Temos aí 20 dias pela frente com uma situação muito complicada pra vegetação”, disse o pesquisador e integrante do programa de monitoramento de queimadas do Inpe, Alberto Setzer.

No ano passado, de janeiro a agosto, os bombeiros registraram 1.805 ocorrências de incêndios florestais na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Este ano foram 3.158, um aumento de 75%.

Na capital, foram 712 ocorrências de janeiro a agosto de 2020, e neste mesmo período, em 2021, 1.073, alta de 51%.

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros

>