Começou nesta quarta-feira (17) o cadastro escolar da rede pública de ensino de Minas Gerais para o ano letivo de 2022. O processo é realizado por meio do Sistema Único de Cadastro e Encaminhamento para Matrícula (Sucem).

Até o dia 10 de dezembro, pais e responsáveis podem fazer o cadastro acessando o site do processo. Devem ser apresentadas informações como nome completo, data de nascimento, endereço completo, CEP, identidade do aluno (se possuir), CPF do aluno (se possuir), nome de pai ou responsável legal, entre outros.

Aqueles que não têm acesso à tecnologia, podem buscar uma escola estadual ou municipal no município em que moram para realizarem a inscrição, respeitando as medidas de proteção contra a Covid-19.

As inscrições são voltadas para os seguintes públicos:

 

  • estudantes de seis anos completos, ou a completar até 31 de março de 2022, que irão ingressar no 1º ano do ensino fundamental;
  • estudantes vindos de outras redes de ensino (exceto instituições da rede estadual ou municipais que aderiram à iniciativa), que desejam ingressar na educação básica estadual;
  • o estudante matriculado em escola pública em 2021, mas sua unidade não oferecerá o nível de escolaridade a ser cursado por ele em 2022;
  • estudantes matriculados na rede estadual em 2021, que não renovaram sua matrícula para 2022;
  • estudantes que pretendem ingressar em cursos da educação profissional em uma escola da rede estadual;
  • estudantes que pretendem voltar aos estudos nos ensinos fundamental, médio regular, ou na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

Para ingressar na EJA é necessário ter no mínimo 15 anos para o ensino fundamental e 18 anos para o médio.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), após o cadastro, o aluno será encaminhado para realização de matrícula na instituição estadual ou municipal mais próxima de sua residência, que possua vaga para a série pretendida.

Para acessar a lista de municípios que aderiram ao programa, clique aqui.

 

Resultados e efetivação de matrícula

 

Os resultados dos cadastros serão divulgados no portal onde foi feito o cadastro no dia 20 de dezembro. A partir dessa data, até o dia 14 de janeiro de 2022, os alunos deverão ser matriculados nas instituições de acordo com o encaminhamento do Sucem.

Para a efetivação da matrícula, pais, responsáveis, ou o próprio estudante, caso seja maior de idade, deverão apresentar na instituição a documentação listada na Resolução SEE nº 4.643/2021.

Entre os critérios de encaminhamento de estão a disponibilidade de vagas por turno, o espaço físico das escolas, o tipo de atendimento prestado e o nível de ensino oferecido, respeitando critérios de alocação e desempate na seguinte ordem de prioridade: I - aluno com deficiência; II - zoneamento; III - zona; IV - aluno com irmãos que frequentem a escola pretendida, respeitando-se o zoneamento; V - aluno já integrante da rede pública de ensino e VI - aluno com menor idade.

 

Vagas remanescentes

 

O candidato que perder o prazo estabelecido não será encaminhado para a matrícula em escolas públicas. Nesse caso, ele deverá participar do processo de ocupação das vagas remanescentes, que ocorre de 25 de janeiro a 23 de fevereiro de 2022.

Um documento foi elaborado pela SEE com diversas informações, a fim de sanar as dúvidas mais frequentes sobre o Sucem. Para acessar, clique aqui.