Pelo menos nove cidades do Sul de Minas já decidiram cancelar as festividades de réveillon e do carnaval de 2022 devido à pandemia de Covid-19. As prefeituras de Gonçalves, Cambuí, Cristais, Borda da Mata, Sapucaí-mirim, Brasópolis, Paraisópolis, Córrego do Bom Jesus e Paraisópolis já soltaram notas oficiais informando sobre o cancelamento das festas.

Veja abaixo a situação de cada uma:

 

Borda da Mata

A Prefeitura de Borda da Mata anunciou o cancelamento do Carnaval 2022 nesta terça-feira (23). Em nota, o Executivo afirmou que optou pelo cancelamento tendo em vista a saúde dos cidadãos, evitando assim a incidência de casos de Covid-19, uma vez que o município não apresenta mais novos casos.

"É de suma importância ter prudência nesse momento para evitar uma nova onda. Também é a iniciativa mais sensata em solidariedade aos mais de 600.000 brasileiros e 58 bordamatenses que perderam suas vidas na pandemia", afirmou a nota.

Ainda segundo a Prefeitura, os recursos públicos que seriam investidos nos festejos carnavalescos serão revertidos para importantes investimentos na área da saúde, reforçando também a prevenção ao Covid-19.

"Com prudência e serenidade agora vamos alicerçando os caminhos para a realização da tradicional Festa da Borda em julho, com toda a segurança e já com maior percentual da população devidamente imunizada com a vacina e respectivos reforços", completou a nota.

Prefeito anunciou que recursos serão revertidos para investimentos na saúde em Borda da Mata. — Foto: Divulgação / Prefeitura Municipal

Prefeito anunciou que recursos serão revertidos para investimentos na saúde em Borda da Mata. — Foto: Divulgação / Prefeitura Municipal

 

Córrego do Bom Jesus

A Prefeitura de Córrego do Bom Jesus anunciou o cancelamento no último dia 19 de novembro, em comunicado pelas redes sociais. De acordo com a prefeita Eliana de Fátima Alves e Silva não haverá também ponto facultativo nas datas em que o Carnaval seria comemorado na cidade.

"O momento é de responsabilidade e prudência, pois, a vida é mais importante, sendo assim, contamos com a compreensão e a colaboração de todos os munícipes. Mesmo que os tempos sejam difíceis, agradeça, pois, a pandemia logo passará. Com fé e esperança vamos vencer!", disse a prefeita.

 

Sapucaí-Mirim

A Prefeitura Municipal de Sapucaí-Mirim comunicou o cancelamento do Carnaval, também pelas redes sociais, no dia 19 de novembro. A decisão foi tomada, segundo o Executivo, mediante decisão conjunta com os municípios circunvizinhos e os órgãos de vigilância epidemiológica.

"Em razão da possibilidade de uma nova onda de contágio do Covid-19 e, considerando, principalmente, a solidariedade com as famílias enlutadas pelas perdas de seus entes queridos durante a pandemia. A medida evita promover fluxos e aglomerações comuns neste evento", afirmou a nota.

 

Poços de Caldas

A Prefeitura de Poços de Caldas não realizará eventos de carnaval em 2022. A medida foi anunciada pela administração municipal nesta terça-feira (23) após reunião com associações do município. De acordo com o Poder Executivo, eventos privados em casa de eventos, bares ou restaurantes estão liberados.

Conforme nota divulgada pela prefeitura, a decisão foi tomada mesmo com o “bom momento quanto aos índices epidemiológicos relacionados à Covid-19 e à cobertura vacinal” na cidade.

“Mesmo que nossos índices sigam bastante satisfatórios, ainda assim precisamos colocar a segurança sanitária em primeiro lugar. Avançamos muito na imunização a partir de 12 anos de idade no município, mas chegamos ao consenso de que será um momento de cautela”, disse o Secretário Municipal de Saúde, Carlos Mosconi.

Reunião em Poços de Caldas definiu que prefeitura não irá promover festas de carnaval em 2022 — Foto: Divulgação/Prefeitura de Poços de Caldas

Reunião em Poços de Caldas definiu que prefeitura não irá promover festas de carnaval em 2022 — Foto: Divulgação/Prefeitura de Poços de Caldas

 

Brasópolis

A Prefeitura de Brasópolis também cancelou o Carnaval de 2022. Tradição há quase 20 anos na cidade, os bonecos gigantes não vão desfilar no próximo ano. O Réveillon também foi suspenso.

“Mesmo com menores índices de contaminação, porém ainda acontecendo casos em todos os lugares, acreditamos que as realizações de eventos deste porte ainda não sejam adequadas devido à grande circulação de pessoas, moradores da cidade e turistas”, disse a Prefeitura, em nota.

 

Paraisópolis

A Prefeitura de Paraisópolis informou no fim da semana passada que não vai realizar as festas de réveillon, aniversário do município e do carnaval de 2022.

Segundo a prefeitura, a decisão foi discutida e aderida pelas prefeituras dos municípios vizinhos, em razão da grande quantidade e circulação de pessoas nessas datas e, consequentemente, a dificuldade de manutenção das ações sanitárias necessárias para evitar a Covid-19.

"Entendemos que o momento é de cuidado e cautela. Ainda é necessário zelar pela saúde dos nossos munícipes. Esperamos que, muito em breve, possamos voltar a realizar as comemorações que tanto alegrem a nossa população", diz a nota da prefeitura.

Prefeitura de Paraisópolis comunica cancelamento de festas de réveillon e carnaval — Foto: Reprodução

Prefeitura de Paraisópolis comunica cancelamento de festas de réveillon e carnaval — Foto: Reprodução

 

Gonçalves

A Prefeitura de Gonçalves também informou que não promoverá as comemorações de réveillon e carnaval 2002 por conta da pandemia.

A prefeitura também cita que a decisão foi tomada em conjunto com outros municípios da região e que irá evitar grandes fluxos e aglomerações que poderiam causar uma nova onda de contaminação pela Covid-19.

 

Cambuí

A Prefeitura de Cambuí também confirmou nesta segunda-feira (22) que a cidade não realizará o carnaval em 2002.

"Priorizando a saúde da população, visto que a pandemia do coronavírus ainda não acabou e levando em consideração as grandes aglomerações que se formam nesta data, ficam suspensas as festividades do carnaval em 2022", diz a nota divulgada pela prefeitura.

Bloco do Urso por enquanto é a única festa confirmada para o carnaval 2022 no Sul de Minas — Foto: Então Toma Audiovisual

Bloco do Urso por enquanto é a única festa confirmada para o carnaval 2022 no Sul de Minas — Foto: Então Toma Audiovisual

 

Cristais

 

A Prefeitura de Cristais confirmou nesta terça-feira (23) que não vai realizar nas cidades festas de réveillon e também o carnaval de 2022. A decisão foi tomada em conjunto com a câmara municipal de vereadores.

Conforme a prefeitura, o motivo é o aumento de casos e vítimas da doença em várias partes do mundo. A decisão vai no sentido de "ter prudência e compaixão por tantas vidas perdidas na cidade e no mundo todo".

 

Bloco do Urso confirmado

 

Um dos blocos mais tradicionais do Sul de Minas, o Bloco do Urso por enquanto é o único que confirmou que vai realizar a festa em 2022. Serão quatro dias de festa e 13 atrações, que foram anunciadas no dia 21 de outubro.

Os ingressos já estão sendo vendidos. Segundo o organizador do evento, para participar da festa vai ser preciso apresentar o cartão de vacinação com as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Ainda de acordo com os organizadores, a expectativa é de recorde de público em 2022. Nas vendas no “escuro”, antes de lançarem as atrações do evento, mais de três mil ingressos foram vendidos. A estimativa é que mais de 20 mil pessoas por dia no Bloco do Urso.