Os municípios de Nova Serrana e Piumhi lideram o número de casos prováveis de dengue no Centro-Oeste de Minas. De forma geral a região tem mais de 7 mil, segundo dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgado na terça-feira (2). O documento também tem informações sobre casos prováveis chikungunya e zika na região. Veja na tabela abaixo a situação de cada cidade.

De acordo com a SES-MG, são 7.253 casos prováveis de dengue no Centro-Oeste de Minas; 7 casos suspeitos a mais em comparação com o boletim anterior, que registrou 7.246 casos prováveis da doença.

Sobre os casos prováveis de chikungunya a região permanece em 75 casos suspeitos. Com relação a zika, o Centro-Oeste manteve três registros de casos prováveis da doença.

 

Dengue

De acordo com a SES-MG, Nova Serrana tem 1.526 casos prováveis de dengue. É o município com maior número de casos na região. Em seguida, Piumhi com 1.314 casos prováveis de dengue; Luz com 738; e Bom Despacho com 667 casos prováveis da doença. Há mortes registradas em ItaúnaSão Roque de Minas, Oliveira, Piumhi e Carmópolis de Minas.

Até dia 2 de agosto, Minas Gerais registrou 86.442 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue. Deste total, 58.386 casos foram confirmados para a doença; 40 óbitos foram confirmados e outras 49 mortes são investigadas, até o momento.

Casos prováveis de dengue, chikungunya e zika no Centro-Oeste

Cidade Dengue Óbitos confirmados Chikungunya Zika
Abaeté 89 - - -
Araújos 31 - - 1
Arcos 114 - 1 -
Bom Despacho 667 - 16 -
Capitólio 446 - 1 -
Candeias 1 - - -
Carmo da Mata 7 - - -
Carmo do Cajuru 39 - - -
Carmópolis de Minas 636 1 - 1
Cedro do Abaeté 9 - - -
Cláudio 7 - - -
Conceição do Pará 18 - - -
Córrego Danta 9 - - -
Córrego Fundo 3 - 2 -
Divinópolis 274 - 4 1
Dores do Indaiá 4 - - -
Formiga 224 - 21 -
Igaratinga 16 - - -
Iguatama 15 - - -
Itapecerica 2 - - -
Itaúna 77 1 14 -
Lagoa da Prata 52 - 4 -
Leandro Ferreira 6 - - -
Luz 738 - - -
Martinho Campos 60 - 1 -
Moema 2 - - -
Morada Nova de Minas 17 - - -
Nova Serrana 1.526 - 7 -
Oliveira 136 1 - -
Onça de Pitangui 6 - --  
Pains 21 - - -
Papagaios 15 - - -
Para de Minas 39 - 3 -
Passa Tempo 39 - - -
Pedra do Indaiá 10 - - -
Pequi 2 - - -
Perdigão 12 - - -
Pimenta 117 - - -
Pitangui 56 - - -
Piumhi 1.314 1 - -
Pompéu 5 - - -
Quartel Geral 8 - 1 -
Santo Antônio do Monte 60 - - -
São Francisco de Paula 23 - - -
São Gonçalo do Pará 19 - - -
São Sebastião do Oeste 2 - - -
São Roque de Minas 280 1 - -
Total 7.253 5 75 3

Fonte: SES-MG

 

Zika e chikungunya

 

A SES-MG informou que foram registrados 7.213 casos prováveis de febre chikungunya em Minas Gerais. Do total, 4.099 foram confirmados. Até então, não há nenhum caso de óbito confirmado por chikungunya no estado e um segue em investigação.

Na região Centro-Oeste, Formiga é a cidade com maior número de casos na região: são 21 registros.

Quanto ao vírus zika, foram registrados 74 casos prováveis em Minas, 20 deles confirmados. Não há óbitos no estado pela doença até o momento.

Na região, foi registrado um caso de zika em Araújos, um caso em Carmópolis de Minas e outro caso em Igaratinga.