Vale

Vale apresenta megaestrutura de 35 metros de altura para conter rejeitos em Barão de Cocais

Foto: Reprodução

Em reunião com os moradores de Barão de Cocais, na Região Central de Minas Gerais, a Vale apresentou o esboço de um enorme muro para, em caso de rompimento, conter rejeitos da Barragem Sul Superior, na Mina de Gongo Soco. Segundo a Defesa Civil da cidade, a mineradora projeta uma megaestrutura de concreto, com 35 metros de altura, 307 de comprimento e 10 de largura na parte superior. A parte inferior ainda depende de análises a serem feitas no solo. 

O encontro com a comunidade local aconteceu na noite dessa quinta-feira (11). O murão demoraria um ano para ficar pronto, segundo a Defesa Civil. Os recursos viriam da própria empresa responsável pela administração da represa. 

Em nota, a Vale informou que “iniciou estudos para encontrar soluções de contenção para a barragem Sul Superior”. Contudo, a companhia salientou que “não há nenhuma estimativa de valores envolvidos ou prazos para eventuais projetos”. 

Também em nota, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) disse que "não houve concessão de licença" para a construção do muro. Contudo, a pasta destacou que "a construção de obras emergenciais de segurança é dispensada de autorização prévia, bastando ao empreendedor oficiar o órgão ambiental, pela própria natureza da emergencialidade".

Ainda de acordo com a Semad, "o processo para regularização de obras emergenciais deve ser protocolado no órgão em até 90 dias, quando são verificadas se as obras estão regulares e o cumprimentos de compensações".

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que não foi avisada sobre a apresentação.  

 

Histórico

Desde 22 de março, a Barragem Sul Superior está no nível 3 da escala de alerta, o que representa uma “situação iminente de rompimento”. Dias depois, o tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador-adjunto da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), mencionou a possibilidade da construção do muro de contenção.

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV