Inusitado

Filho continua morando com cadáver da mãe durante 4 meses até morte ser descoberta

Foto: Reprodução

É difícil superar a morte de entes queridos, mas alguns de nós temos mais dificuldade do que outros: É o caso de um homem de Tangkak, na China: quando sua mãe, uma senhora de 85 anos, morreu dentro de casa, ele continuou morando na mesma residência que o cadáver por 4 meses.

Quando o caso foi descoberto pelas autoridades chinesas, o rapaz justificou que escondeu o corpo da mãe em casa, pois estava com medo de ser preso, mesmo a morte tendo sido por causas naturais.

O homem contou que a idosa perdeu a consciência durante uma refeição no dia 13 de janeiro. Ele deixou o corpo no local do falecimento e checava sua situação todos os dias. O rapaz manteve sua rotina domestica e até mesmo continuava a se alimentar do lado dos restos da mãe.

Quando o corpo começou a exilar odores não muito agradáveis, o homem fechou todas as portas e janelas da casa, para que ninguém suspeitasse da situação.

Foi apenas quando um primo, após muita insistência, conseguiu entrar na casa, que a ocorrência chegou até as autoridades. O corpo foi levado pelos polícias para maiores investigações e nenhum sinal de violência foi encontrado, portanto, nenhuma prisão foi realizada. Para deixar a história ainda mais triste, o filho foi o único presente no funeral da mulher.

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV