Abandono

Mulher abandona filho de 5 anos em rodoviária de cidade mineira

Foto: Reprodução

A Polícia Civil apura o episódio envolvendo o abandono de um menino de 5 anos, deixado pela própria mãe no terminal rodoviário de Cataguases, município distante de Juiz de Fora cerca de 100 quilômetros.

A mãe, 38 anos, chegou a ser pega pela Polícia Militar, mas conseguiu fugir e até o momento não foi encontrada. O caso foi registrado na madrugada de domingo (7).

De acordo com o documento policial, os militares foram acionados por um funcionário da rodoviária, que fica no Centro da cidade.

O trabalhador disse, entretanto, que um usuário do terminal o comunicou do ocorrido, afirmando que a mulher deixou o menino em uma calçada e desapareceu.

Logo em seguida, a PM recebeu a informação de que a suspeita teria se jogado nas águas do Rio Pomba. Ao chegarem no local, os militares se depararam com um homem que afirmou ter visto a mulher se jogando no rio, porém ela teria saído do leito do rio e fugiu a pé.

Ainda conforme o registro policial, a Defesa Civil foi acionada para dar apoio às buscas pela mulher dentro de uma mata que fica na região.

Ela foi encontrada em meio ao matagal , mas alegou que teria deixado a criança no chão da rodoviária e saído para conversar com um homem desconhecido. Ambos teriam ido até a mata, mas a mãe disse que fugiu dele e se escondeu, não sabendo contar mais detalhes do suposto encontro.

A mãe da criança contou que vinha da cidade de Rio das Ostras (RJ) e seu destino seria Teófilo Otoni.

Diante da situação, a PM acionou o Conselho Tutelar e voltou com a mulher para a rodoviária. Enquanto os policiais aguardavam a chegada dos conselheiros e registravam a ocorrência, ela fugiu novamente, deixando outra vez a criança.

Apesar das buscas, ela não foi localizada. O caso foi registrado como abandono de incapaz.

O menino foi levado ao pronto-socorro da cidade, atendido e conduzido para a Casa de Passagem de Cataguases. O caso deve ser apurado pela Polícia Civil.

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV