Confusão

Celular é confundido com arma e Black Friday em Minas tem jovem baleado

Foto: Reprodução

Uma confusão durante um evento Black Friday no interior de Minas Gerais terminou com um homem baleado. O caso ocorreu na noite de quinta-feira (28) em Passos, município do Sul do Estado com cerca de 114 mil habitantes. Um jovem de 21 anos foi atingido por um tiro após um celular preto grande ser confundido com uma arma.

A confusão começou por volta das 23h, quando dois homens em uma motocicleta escura se tornaram alvo da Polícia Militar. Segundo os próprios militares, a dupla estava rodando a praça do Rosário, no Centro da cidade, onde havia grande aglomeração de pessoas ávidas por aproveitar ofertas da Black Friday.

Desconfiados, os policiais afirmam que sinalizaram para os dois pararem, mas a ordem teria sido ignorada, iniciando uma perseguição. Em um determinado ponto, os militares conseguiram interceptar a dupla e ordenaram, mais uma vez, que o motociclista parasse a moto, o que foi novamente desobedecido.

Disparos

A PM informa que, então, um dos militares visualizou um objeto na cintura do garupa e, achando que tratava-se de uma arma de fogo, atirou duas vezes. Um dos tiros atingiu o ombro direito do rapaz, de 21 anos. Pouco à frente, o homem que pilotava a moto parou o veículo e ambos se renderam.

O jovem baleado foi levado ao hospital Santa Casa, onde foi medicado e, até o registro da ocorrência, era aguardada uma avaliação para definir se seria necessária intervenção cirúrgica.

O motociclista, de 20 anos, foi detido em flagrante por desobediência e direção perigosa, enquanto o garupa baleado foi enquadrado no crime de ameaça. A PM alega ter encontrado uma bucha de maconha com o condutor da moto.

O BHAZ procurou a cúpula da Polícia Militar para repercutir sobre a conduta dos militares, mas não obteve sucesso até a publicação desta reportagem.

Comentários

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV