Minas Gerais

Minas tem 92 casos confirmados de crianças com síndrome rara associada à Covid-19

Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) já investigou 292 casos suspeitos da síndrome inflamatória pediátrica, possivelmente provocada pela Covid-19. Desses, 92 foram confirmados e duas mortes registradas. Setenta e oito crianças já receberam alta.

A enfermidade é denominada Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica Temporariamente Associada à Covid-19 (SIM-P) e desde julho a notificação da enfermidade se tornou obrigatória.

Os dois óbitos ocorreram em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e em Juiz de Fora, na Zona da Mata.

Em Minas, a SIM-P foi confirmada em crianças de 0 a 14 anos, mais da metade delas (54,26%) com até 4 anos. Em 64% dos casos, as crianças são do sexo masculino. Em 90%, elas não tinham nenhuma comorbidade ou fator de risco.

Sintomas

Os pacientes diagnosticados com a síndrome podem apresentar quadro de insuficiência respiratória de forma grave, além de doença renal e insuficiência cardíaca agudas. Os principais sintomas são febre, manchas vermelhas na pele, conjuntivite, edema nos pés e nas mãos.

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros

>