O Corpo de Bombeiros atendeu, na segunda-feira (18), pelo menos cinco chamados para problemas relacionados ao temporal que atingiu a cidade. Segundo a corporação, os principais problemas foram nos bairros Sinhaninha, São Sebastião e Centro.

Ainda segundo os militares, houve casas inundadas e, em uma delas, o muro de um cômodo e parte do telhado desabaram. Apesar das perdas materiais, ninguém ficou ferido.

A previsão é para mais chuva durante essa semana. Conforme a climatologista Alcione Wagner, grandes volumes de chuva são esperados até a quarta-feira (20). As máximas não devem ultrapassar os 28°C.

 

Ocorrências

 

Conforme os Bombeiros, na Rua Lana Naves Ladeira, no Bairro Sinhaninha, a enxurrada entrou na cozinha de uma casa e atingiu alguns móveis. Ninguém ficou ferido. Os militares orientaram os moradores para que fosse feito um desvio para que a água pluvial tivesse saída para outra área que não afete a residência.

Na Rua 16 de Março, no Bairro São Sebastião, o Corpo de Bombeiros registrou o desabamento parcial da estrutura de uma residência: telhado e parede. O cômodo estava desocupado e também não houve vítimas. Foi feito o isolamento da rede elétrica do padrão e orientado ao solicitante quanto a segurança. Também foi feita uma vistoria da Defesa Civil.

Ainda no Bairro São Sebastião, a enxurrada invadiu uma casa e atingiu diversos cômodos. O solicitante foi orientado a fazer uma barreira de proteção para evitar que a água pluvial atingisse dentro da casa.

Uma ocorrência também foi registrada no Centro. Segundo os Bombeiros, o rio que corre próximo a uma casa não suportou o volume de água e transbordou atingido o quintal da residência e um cômodo de dispensa. Ninguém ficou ferido.