Minas Gerais

Mulher fica 11 dias internada com Covid-19 e descobre que está grávida de seis meses

Foto: Flávia Martins Batista/Arquivo pessoal

Depois de ficar quatro dias intubada por causa de complicações causadas pela Covid-19, Flávia Martins Batista, de 39 anos, fez um ultrassom a pedido dos médicos. Mal sabia ela que estava grávida de seis meses de uma garotinha.

 

“Grávida de uma princesinha linda que era o meu sonho e Deus está me abençoando”, contou a futura mamãe.

 

Flávia disse que não sentiu nenhum sintoma de gravidez. Como a menstruação dela é irregular, não percebeu alterações. Esta é a primeira filha dela.

“Eu acho que Deus me permitiu ir no hospital, passar por isso tudo, para eu descobrir ela. Eu acho que ela ia nascer sem eu saber que estava grávida”, disse.

No dia 16 de março, Flávia teve falta de ar e foi ao hospital. Como é asmática, ela pensou se tratar de uma crise. A mulher foi internada no CTI e um exame comprovou que estava com Covid-19.

Quatro dias depois, Flávia foi transferida para a enfermaria. Foi neste período que descobriu a gravidez. Ela recebeu alta no dia 27 de março.

 

“Quando eu fui internar, eu falei com Deus uma coisa, que ele guardasse a minha vida, mas que se fosse para eu ficar em cima de uma cama, dependendo dos outros, ele podia me levar Eu só senti medo quando soube que eu estava grávida. Tomei muita medicação. Mas quando vi ela toda formadinha, batimento cardíaco, aí eu fiquei mais tranquila”, disse Flávia.

 

Os pais já escolheram o nome da filha.

“Maria Vitória”, contou Flávia.

Compartilhe
Participe do nosso grupo no whatsapp!
Comentários
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Tapiraímg TV

Parceiros

>